Tuesday, November 21, 2006

Perdas e danos: um exorcismo!



Não, Oriane, você não perdeu, dear! Eles perderam. Aliás, essa história de "perdeu prá cá, perdeu pra lá" acabou virando gíria de marginal. Não adianta você gastar o seu Latim - como dizia a minha vó - com primata. Veja a diferença lingüística: você os entende, eles, não; você está uma escala existencial acima, eles, bem abaixo disso. Por isso há a elite e há a escória. A elite pode entender e interpretar a escória; a escória não tem nenhuma condição de fazer o mesmo. Zelite é a escória deles, cuja característica mais relevante é a intimidade com o poder, o que, logicamente, implica altos ganhos financeiros. Uma cambada desse naipe ficou, durante anos, hipnotizando as pessoas, na mídia e nas faculdades, distorcendo o real significado da palavra, com todas aquelas sinistras intenções que já conhecemos: lavagem cerebral do povão, controle político e, a cereja do bolo, acesso ao... ERÁRIO! Toda a falação da esquerda se resume a este nheco-nheco: pretextos ideologicamenete boçais - embora, do ponto de vista psicológico, muito eficazes... - para chegar "lá", o "lá" deles, não o seu. Significativamente, todas as pessoas, minhas conhecidas, que foram esquerdistas - sob várias siglas - viraram o ovo porque são basicamente honestas. Repito: honestas. São searchers, são bem-intencionadas, são autênticas em suas expressões e não buscam pisotear ninguém - como Prestes, que mandou executar uma colega de embriaguês vermelha, sem "julgamento", por mera suspeita de uma hipotética traição à "causa" (in: Camaradas, de William Wack.) Meteram-se pela esquerdopatia por dezenas de razões, as mais loucas. Curaram-se por obra e graça de sua própria natureza, receptiva ao LOGOS! Aha! Chegamos nele, o LOGOS! Em breve, neste blog!... Segura, Oriane!
Oriane, da próxima vez, vomite nela. Sabe, "tipo assim" cena do Exorcista, versão cômica! He, he, he... (créditos para a Repossuída, com Linda Blair e Leslie Nielsen) Quem sabe ela se ilumina?

Marx, o Groucho

1 comment:

Claudia said...

Oh sweetie...eu até consigo imaginar a cabeça da Oriane girando...girando e vomitando ao mesmo tempo...mas não vomitando algo repugnante e sim textos e mais textos de bons autores clássicos; ao som das Cantatas de Bach, óperas de Verdi, sonatas de Beethoven e sinfonias de Mahler. Ah isto seria pior que bambú debaixo das unhas...criPTonita neles!