Tuesday, November 21, 2006

Grossuras, finuras e Lacerda, o certeiro.


Achei fascinante o fato de alguém se declarar "grossa" e "de esquerda", como se a associação fosse natural, deixando claramente a "finura" para os infelizes da "direita". (Só falta chamar a direita de viada! Orgulho e preconceito, orgulho e preconceito!...) Ledo engano. A cabeça da criatura é binária, não chega às filigranas da vida. Lacerda - que Oriane gostaria de ter conhecido, lembram? - que, antes de ser normal, era comunista, exercia uma virulência verbal, articuladíssima, extraordinária, que explodia com o ego dos adversários sem dó em piedade. Eu o conheci pessoalmente, em plena campanha para governador do ex-Estado da Guanabara. Pois bem: ele esculhambava...elegantemente! Quando ele dizia canalha, trovejava e caíam raios! O impacto era muito maior do que se tivesse dito um palavrão banal. Por quê? Porque palavrões banais qualquer um diz, é um tiro n'água. "Canalha", na boca de Lacerda, era um certeiro tiro de canhão.
Aqui é que entra o problema de pessoas que se identificam à gauche (Chiquerrésimo! Olha o sotaque, olha o sotaque!), ao mesmo tempo em que se rotulam orgulhosamente de "grossas", em tom de desafio: elas sofrem de escassez semântica - Uau! Belo eufemismo!-, só têm meia dúzia de insultos e chavões para torrar a paciência alheia. Prisioneiras da LP, estão numa redoma de estupidez que só pode ser quebrada pelo método zen-luso: tacape na cabeça: iluminação já!!! Afinal, as grandes conversões da História (se bem que em circunstâncias bem mais nobres...) se deram assim: fatos drásticos, porradas existenciais terríveis, como mutilações, cegueira, perda de entes queridos, sofrimento pra chuchu.
Para aumentar o vocabulário: conversão é mais "in" se você diz metanóia. É passagem de um estado de consciência precária para outro, superior. Portanto, metanóia portuguesa na petralhada!

Marx, o Groucho

1 comment:

Claudia said...

Qualquer dia eles aparecerão num daqueles programas do Discovery ou do Animal Planet como um orangotangozinho (sim, eles são pequenos e têm pelos vermelhos) batendo no peito e dizendo 'left wing and rude', uh uh uh!!
São uns hooligans: bárbaros e incultos.