Friday, November 24, 2006

"Democratisar", com s, é a expressão mais completa da nossa esquerda!



sader (sempre com minúscula), nosso grande intelectual, está fazendo uma enquete sobre a democratização da imprensa.
Vejam a pérola abaixo, postada por um dos democráticos opinantes:

Desconcentrar é a Solução.
A maior parte dos veículos de nossa mídia (principalmente os maiores) nasceram na época da ditadura militar. Nessa época havia uma necessidade do governo de controlar a população e a mídia da época se prestou muito bem para isso. O tempo passou, o país se democratisou, mas, a mídia não perdeu suas características e, no caso principalmente da mídia televisiva, continua servindo para vender produtos e, disfarçadamente sob a forma de entretenimento, deseducar a população.
A solução para isso seria desconcentrar o opoder desses veículos de mídia abrindo novas possibilidades de veículos e incentivando as TVs públicas para que invistam em educação e se tornem linha auxiliar das escolas.
Com isso, em poucos anos, teremos um povo mais educado e, consequentemente, um país melhor.


E o democratisou com s?
Não é uma delícia? É cheio de pérolas assim, vale a pena ver...
depois dessa, temos outras: existem alguns posts discordando dessa idéia da democratização. Comentário de um democrata que opina lá:


É impressionante como alguns comentaristas aí abaixo são estúpidos (felizmente só dois ou três, claramente de direita). Ninguém está propondo restrições à imprensa existente, por mais tendenciosa que seja, mas sim abertura para outras tendências, hoje excluídas por representarem interesses populares, contrários aos da classe dominante. Sim, restrições legais devem existir, e existem e devem ser ampliadas, como o direito de resposta política e pessoal. Rádios comunitárias são ótimas, mas não são uma solução por problemas técnicos (baixa potência, dada sua pulverização). Repito aqui: a solução passa pelas Rádios Partidárias. Uma rádio para cada partido, sem o limite de potência que é necessário para as comunitárias. Com o avanço tecnológico (TV digital) é possível que se possa propor até uma TV para cada partido. Vamos pensar sobre isso?

Como eu me divirto lendo aquilo...
Se quiserem se divertir também, é só clicar aqui
Essa gente é bizarra!

Oriane

5 comments:

Claudia said...

Ah Oriane, dá o endereço para a gente se divertir também!

Acho que me refestelo mais com os comentários do que com as notícias - laughing material, hehehe...

Furiosa said...

Pedido feito e aceito. Botei o link no final...

william said...

Camarada cheia de furor revolucionário,

O "z" não é mais que um "s" vendido à burguesia. É contra-revolucionário escrever com "z".

Claudia said...

Seleção de comentários...

24/11/2006

Como psicóloga, defendo a democratização da comunicação como medida essencial na constituição de subjetividades mais saudáveis. Nos constituimos a partir do contato com o mundo social e, neste processo, a apropriação do mundo é condição para uma constituição subjetiva desalienada. Termos acesso a diversidade de nosso meio é condição para uma constituição subjetiva potencializada para a intervenção transformadora. Democratizar a comunicação se torna reivindicação fundamental, na medida em que permitirá acesso amplo às informações e às diversas leituras e versões sobre o mundo social.

------------------

Este também é ótimo:
25/11/2006

Creio que bastariam algumas ações simples:

- cancelar a licença da Globo
- cancelar a licença da Veja
- cancelar a locença da Folha de São Paulo
- cancelar todas as concessões que tem algum político por trás
- fazer com que nenhum meio de comunicação possa ´falar´ para a totalidade dos Brasileiros, como fazem hoje a Rede Globo.
- fazer com que a cobertura em uma cidade, seja produzida na cidade
- fechar as agências de noticias nacionais e internacionais
- liberar as radios comunitárias para atuar livremente. que qualquer pessoa que queira ter uma rádio, que tenha.
- liberar as TVs comunitárias para atuar livremente, que qualquer pessoa que queira ter uma tv, que tenha.
- que cada governo federal, e estadual, municipal tenha a sua tv e que seja proibido aos orgãos públicos fazer publicidade nos meios de comunicação privados.


Já imaginou o país com um cara desses no poder da SDI?
Oriane e Marx, este blog do Emir é de sair correndo...

PS. Mandei um e-mail p/ Marx, recebeu? Beijos

Furiosa said...

Clau!
Não recebi o seu mail ainda!
Aliás, estou-lhe devendo uma resposta sobre "Nisargadatta Maharaj ou Ramana Maharshi". Não li nenhum dos dois. Interessa-me, sim, all about...
Estudo o "pensamento" oriental há bastante tempo, em especial, o Zen.
Beijão!
Marx, o Groucho