Tuesday, April 01, 2008

O hospício é aqui: a profecia de Machado de Assis.

Excelente e definitivo o texto abaixo, publicado no site MSM, a propósito do comentário de um leitor sobre o que seriam "teorias conspiratórias" em Banânia. Reparem na irrepreensível argumentação - os grifos são nossos:

"Prezado sr. Kleber: gratos pelo seu gentil contato.
A dura verdade é que no Brasil chegamos ao ponto onde assuntos reais, palpáveis e facilmente verificáveis, como o Foro de São Paulo, os projetos de uma Nova Ordem Global e a crescente aliança entre grupos revolucionários de todos os matizes com megaespeculadores e bilionários internacionais, para citar apenas alguns exemplos dos assuntos que chocam muitos leitores que freqüentam as páginas deste MSM, assumiu ares de teorias da conspiração.
Enquanto isso, discos voadores, aquecimento global causado pelo homem, a tumba perdida de Jesus Cristo, o poder secreto da maçonaria, da Igreja Católica, da Opus Dei, a "farsa" da conquista da Lua, o fim do comunismo, a "ética" do PT, e inúmeros outros assuntos mitológicos, absurdos, claramente farsescos e não raro circenses, assumem ares de verdade revelada na mídia brasileira, demonstrando a que ponto a incapacidade de pensar e a necessidade atávica de viver num ambiente de sonho e alucinação chegaram neste país."
O resultado grotesco é que temos comentaristas de futebol opinando sobre política, vigaristas profissionais posando de políticos honrados, um autêntico bufão mitômano como presidente da República, e todo mundo achando isso a coisa mais normal do mundo. Em outras palavras, a realidade pode e muitas vezes é mais fantástica do que a ficção, e ai está o Brasil para não nos deixar mentir.
Atenciosamente,
Editoria MÍDIA SEM MÁSCARA"

Voltando, eis aí a questão que vive saltitando nas linhas deste blog: é espantoso o quadro de corrosão psíquica que tomou conta "destepaiz", cujo primeiro sintoma grave foi a eleição de Lula. Ela revelou um quadro patológico que rapidamente se transformou em epidemia (ou "psicorragia"), deflagrada pelo segundo mandato do emblemático energúmeno e pelas recentes pesquisas sobre a sua crescente popularidade. Sim, há um hospício em construção, exatamente ao nosso redor, seguindo ao pé da letra o inspiradíssimo conto de Machado de Assis, O alienista, que, dessa forma, assume proporções de profecia... Será abdução? Puseram alguma coisa na água? Será o mosquito da dengue? Não, é a tática petralha dando certo do Oiapoque ao Chuí. É método, é método, é método...
Espelho meu, espelho meu, quem é mais petralha do que eu??? Somente o povo de Banânia tem essa resposta nos sombrios confins de sua cada vez mais óbvia doença mental.

Imagem: o profético e genial Machadinho.

Marx, o Groucho, experimentando uma elegante camisa-de-força.

5 comments:

Ricardo Rayol said...

não sei se foi mas repito (se o alzheimer deixar) um texto finissimo que o terror ficcional toma conta do real.

William said...

Minha cara, eu não tenho lidos os jornais. É perda de tempo: as notícias se repetem, e quase sempre tenho a impressão de estar num labirinto de algum pesadelo, com o mundo todo invertido! Eles devem ter muito ódio à realidade, um desejo irresistível de reformar a criação (ou de desfazê-la?), para contar as coisas como contam. Veja esse último episódio do dossiê da Dilma: eu soube, pelo blog do Reinaldo, que perseguem quem denunciou o dossiê, não quem o fez!

William said...

Marx, você já viu isto? Cigarro de tabaco é proibido, mas permite-se a maconha!

A Furiosa said...

William:
Vc sabe que proibiram fabricantes de chocolate (como a antiga Kopenhagen)de fabricar "charutinhos" - deliciosos! - de marzipan COBERTOS de chocolate??? Tratam o povo como um bando de imbecis...
Marx, o Groucho

William said...

Marx,

eu soube que isso aconteceu em Portugal! Quando criança, eu gostava tanto desses cigarrinhos de chocolate-99%-de-gordura! E nunca fumei na vida!

Não é uma coincidência grande demais que as mesmas coisas aconteçam ao mesmo tempo em pontos diversos do globo? As únicas coisas que não coincidem neste mundo são os números do sorteio da mega sena com os números da minha aposta! Talvez seja porque eu não quero destruir a civilização...